serenity logo

Cristina Velha


Desde que me lembro de ser e pensar que via, sentia coisas que as outras pessoas não entendiam ou classificavam de delírios ou imaginação de criança; da mesma forma, crescendo numa família descrente, nunca me sentia satisfeita com essa filosofia e buscava respostas para aquelas sensações, visões e para aquela ânsia interior profunda que se não bastava com o materialismo que me rodeava.

Foi naturalmente que comecei a contactar com as cartas de tarot, astrologia, quiromancia, numerologia, logo na juventude, e progressivamente fui aprofundando e aprendendo mais diversos ramos do conhecimento esotérico.

Todavia, de forma comum a tantos de nós, e na sequência das pressões familiares e sociais, acabei por me licenciar em Direito e exercer advocacia como actividade principal durante largos anos; mas o desalinhamento com a minha missão e propósito de vida fez-se sempre sentir ao longo dos anos, e continuei sempre a sentir esse apelo para mudar de vida e aceitar as minhas reais qualidades e dons.

Há cerca de dois anos, por fim, aceitei e compreendi a minha real missão de vida, que passa por promover o crescimento dos outros, através de formação e terapias, pelo que entretanto completei diversas formações, sendo hoje Formadora Certificada, Terapeuta Educacional (universidade Anna Miki), Mestre de Reiki, Terapeuta de Hatmara Merkava, Terapeuta Multidimensional e estou a completar o curso de Terapeuta Transpessoal (Escola Espanhola de Desenvolvimento Transpessoal - EEDT), dando consultas e fazendo acompanhamento em todas estas áreas.

Paralelamente, sou angelóloga, e intérprete das Cartas dos Anjos com certificação do método de Doreen Virtue, e, por fim, aquela que é a faceta mais apaixonante da minha vocação, sou Instrutora de Meditação Transpessoal (EEDT), e facilitadora de meditações, incluindo meditações activas.
Neste âmbito, para além das meditações, fomento e apresento workshops e cursos de meditação, uma ferramenta que considero essencial e profundamente enriquecedora para todos, permitindo-nos focar a nossa atenção no presente e viver a vida de forma plena.

Para beber vinho numa chávena cheia de chá é necessário, primeiro deitar fora o chá para depois beber o vinho. (conto de tradição Zen)

Namastê!

Associação Portuguesa de Reiki

Idiomas:
  • Português
Preço: